04/07/2017

[Diário de Noticias] Sintra vai ter hospital privado a partir do próximo ano

Abertura será faseada até 2020, altura em que deverá estar a funcionar em pleno. 
Nova unidade irá criar 345 postos de trabalho
Sintra vai ter um hospital privado que vai criar 345 postos de trabalho diretos, entre médicos, enfermeiros, assistentes operacionais, administrativos e outros técnicos. O hospital Cuf Sintra tem abertura prevista no primeiro semestre do próximo ano, mas só estará a funcionar em pleno em 2020. O investimento do grupo José Mello Saúde está estimado em 30 milhões de euros. A apresentação do projeto é feita hoje, uma semana depois do anúncio oficial da construção do hospital de proximidade de Sintra, unidade pública que vai funcionar em coordenação com o Amadora-Sintra.

O novo hospital Cuf Sintra vai substituir a clínica que o grupo privado já tem no concelho desde 2014. Será construído em Mem Martins e irá ter uma área superior a 12 mil metros quadrados. Terá capacidade para 40 gabinetes de consulta, 15 salas de exames, seis gabinetes de atendimento permanente (geral e pediátrico), três salas de bloco operatório e hospital de dia. Contará ainda com 30 quartos de internamento e uma unidade de cuidados intermédios.


"O alargamento da oferta em Sintra enquadra-se na estratégia de desenvolvimento e expansão da rede CUF, que prevê uma crescente proximidade das populações, disponibilizando-lhes o acesso a cuidados de saúde de excelência com mais de 70 anos de experiência", disse Salvador de Mello, presidente do Conselho de Administração da José de Mello Saúde, acrescentando que representa "um grande investimento neste concelho, com a criação de mais de 345 empregos diretos".

Sem comentários:

Enviar um comentário