29/04/2016

[Jornal de Sintra] Governo vai disponibilizar verba para novo centro de saúde em Algueirão Mem Martins


Abertura ao Público do Parque Desportivo na Rua Josefa de Óbidos na Tapada das Mercês

No próximo dia 7 de maio, sábado, pelas 15h00, vamos reabrir ao público o parque desportivo ao ar livre da Rua Josefa de Óbidos, na Tapada das Mercês.

Durante os últimos meses a junta de freguesia efetuou obras de melhoramento e requalificação de todo o espaço desportivo, dotando o parque de melhores condições para utilização de todos os fregueses.

Com estas obras, para além da colocação de novas balizas, tabelas de basquetebol e redes no ringue, a junta de freguesia requalificação o “skate park” e colocou novos equipamentos de manutenção física.

Para o dia da inauguração do novo espaço, estão previstas um conjunto de atividades, nomeadamente aulas ao ar livre para todos.

[Jornal de Noticias] O mundo da fé através das apps móveis

Orações diárias, horários de missas e confissões e até um Jogo dos Pastorinhos. Viagem ao mundo da fé - nos dispositivos móveis

Aplicações com passagens da Bíblia, orações, horários de missas e confissões... Há um vasto leque de "apps" religiosas ao dispor dos utilizadores de dispositivos móveis. Rui Moniz, da plataforma MusiCristo, usa a Click To Pray, por exemplo. E fala-nos de outras, como "Missas em Lisboa".

Passamos a explicar, começando pela MusiCristo, que dentro de meses vai ter uma aplicação. Trata-se de uma plataforma online de partilha de músicas cristãs, criada por um grupo de jovens católicos da paróquia de Algueirão (Sintra). Com mais de 800 cânticos, faculta letras, acordes, ficheiros áudio.

Numa segunda fase, a MusiCristo vai permitir a cada coro ter uma área pessoal e "gerar automaticamente um "powerpoint" para projetar nas igrejas, para as pessoas nas missas poderem acompanhar", adianta Rui Moniz.
 www.musicristo.pt


Portuguesa é também a Click To Pray, que sugere orações para cada dia do ano, de manhã, à tarde e à noite. Está disponível para os sistemas operativos iOS e Android, gratuitamente, em Português, Inglês, Francês e Espanhol.

A primeira versão de Click to Pray foi lançada cá, em 2014, através do Secretariado Nacional do Apostolado da Oração. Entretanto, chegou ao Vaticano, tendo sido adotada como a "app" oficial da Rede Mundial de Oração do Papa (Apostolado da Oração), que engloba mais de 35 milhões de pessoas.

Ouvir orações no autocarro ou às compras
Passo-a-Rezar é outra "app" gratuita destinada à oração e à reflexão, iniciativa do Secretariado Nacional do Apostolado da Oração. Mas com ficheiros áudio. Disponível gratuitamente no Google Play, na App Store e na Windows Store, inclui meditações a partir de um dos textos da liturgia do dia, para ouvir no quotidiano - das viagens nos transportes públicos às compras.

Propõe ainda esquemas de oração para alturas específicas, como "Retiro de Quaresma", ou "Caminho de Santiago". O Passo-a-Rezar tem site (assim como a Click To Pray), álbuns no Spotify e vídeos no YouTube.

Para um público infantil, há o Jogo dos Pastorinhos, lançado pelo Santuário de Fátima no âmbito do Centenário das Aparições, que se celebra em 2017. Esta aplicação, gratuita, pode ser descarregada no Google Play e na App Store.

Os jogadores escolhem uma personagem - Lúcia, Francisco, Jacinta ou o menino -, lançam os dados à vez e vão seguindo o percurso pela Cova da Iria. "Ganha quem chegar primeiro ao Coração de Jesus", e "Nossa senhora estará no jogo para ajudar", informa o Santuário.

Instrumento de evangelização a acompanhar os tempos
A tecnologia "hoje é um instrumento importante para comunicar, formar, partilhar e até apontar rumos de esperança", diz ao JN o padre Eduardo Novo, diretor do Departamento Nacional da Pastoral Juvenil. Ele mesmo usa "apps".

Para as Jornadas Mundiais da Juventude ("encontro de fé com o Santo Padre" que se realiza em julho, na cidade polaca de Cracóvia), está a ser desenvolvida uma aplicação gratuita, com informação diversa, desde o programa cultural até ao mapa local.

Eduardo Novo entende "estas soluções" como instrumentos de formação e informação. Evangelização, também. A acompanhar os tempos. "É alegria, é um laboratório de fé, é encontro." Sem pôr de lado a comunicação olhos nos olhos, ressalva.

24/04/2016

[RTP] 'Os melhores anos' - Visita a Sintra


Os problemas inerentes à juventude...
Uma série que transmite os problemas essenciais de uma geração, mas também os seus valores de amizade, camaradagem e espírito de equipa.
Os alunos Margarida, André, Tiago, Miguel, Célia, Isabel, Tadeu, Paulo e Chico são algumas das personagens centrais à volta das quais gira a linha narrativa e se cria a atmosfera especial da série. 
As características, o meio social, os problemas escolares, de cada personagem, enfim, os problemas inerentes à juventude são retratados nesta série juvenil.- See more at: http://www.rtp.pt/programa/tv/p9746#sthash.0R9gtXC7.dpuf

Neste episódio, os alunos da série realizam uma visita de estudo a Sintra.


Reparei dois excerto de imagem durante a viagem no autocarro que tenho quase a certeza da localização dos locais.

Consegues identificar???




Excerto do episódio

23/04/2016

Inauguração do 'BFB Finance Portugal' no Algueirão


http://bfbfinance.pt/
Foi inaugurado no passado dia 9 de Março na estrada do Algueirão, o BFB Finance Portugal 

Foi também instalada uma maquina multibanco no local, recuperando uma carência desde o encerramento do 'Banco Popular' que se encontrava instalado naquele espaço.

No mesmo espaço também já funcionou o 'BNC Banco Nacional de Crédito'

21/04/2016

[DN] Jovens desafiados a criar o seu próprio jornal

O Diário de Notícias (DN) recebeu, mais uma vez, vários alunos para participarem no projeto educativo Media Lab
Esta quinta-feira, 35 estudantes da Escola Secundária de Mem Martins aceitaram o desafio de produzir o seu próprio jornal de quatro páginas, tendo como fonte de informação as notícias do DNonline.
Depois do desafio estar lançado, o objetivo era que os "jornalistas da tarde" aprendessem como se deve recolher e selecionar a informação e quais os critérios utilizados na realização de uma notícia.
Com o dever já cumprido, alunos e professores visitaram a redação, onde puderam ver como tudo funciona, e ouvir uma explicação acerca da organização do espaço.
Os jovens conheceram, ainda, os painéis de Almada Negreiros, exibidos na galeria do edifício do Diário de Notícias, e participaram numa conversa dinâmica e informal, conduzida pela equipa Media Lab, acerca da evolução da comunicação e quais os cuidados a ter quando se "navega" na Internet.
Para a professora, Teresa Gomes, este projeto educativo é "cativante" e "vai ao encontro do que eles [alunos] gostam de fazer".

Arte e Desporto no teu bairro

A junta de freguesia de Algueirão-Mem Martins vai promover, durante o mês de maio, o evento ”Arte e Desporto no Teu Bairro” em diversas localidades desta freguesia.
Esta iniciativa visa promover a saúde e o bem-estar dos mais jovens, através do desenvolvimento de diversas aulas de grupo ao ar livre, a arte urbana através da pintura de um espaço característico do bairro com a ajuda dos moradores, e a música através da realização de concertos gratuitos e abertos a toda a população.

O projeto “Arte e Desporto no teu Bairro” decorrerá aos sábados, dias 7, 14, 21 e 28 de maio. O horário definido para a realização deste evento é no período da manhã, entre as 10h e as 13h, e no período da tarde, entre as 14h e as 18h. Bairro da Nova Imagem, Tapada das Mercês, Bairro de São José e Cavaleira, respetivamente, são os locais definidos para a realização desta iniciativa.

Concerto do 25 Abril em Mem Martins

No próximo dia 23 de abril a junta de freguesia de Algueirão-Mem Martins vai promover diversas iniciativas para comemorar o 25 de abril.

À semelhança dos anos anteriores, a junta de freguesia vai proporcionar um conjunto de concertos na Quinta do Butler, em Mem Martins. Entre os convidados está a Orquestra Juvenil da Escola Mestre Domingos Saraiva e o Coral Allegro.

Os espetáculos vão decorrer no sábado, entre as 15h e as 18h.

17/04/2016

Quiz GJMM

Sábado, 23 de Abril às 21:30 - 0:30
Gostas de jogos de cultura geral? Tens a oportunidade perfeita para testar os teus conhecimentos e aprender sobre diversos temas numa noite de diversão com o Quiz do Grupo de Jovens de Mem Martins!


Faz a tua equipa (até 6 elementos) e, se forem os vencedores, todas as bebidas que consumirem são por conta da casa! Teremos as bebidas habituais de bar e refeições rápidas.

A entrada por pessoa é 1 Quiz. Não é obrigatório fazer reserva, mas se quiseres já garantir o lugar para a tua equipa faz a reserva com o nome e número de elementos da equipa para este evento ou para os seguintes contactos:

» Andreia Cortes: 919.539.864
» Ariana Semedo: 926.770.367
» Cátia Bandeiras: 965.789.404
» Eveline Borges: 968.151.682
» Pedro Martins: 963.757.641


Contamos convosco para jogar!


16/04/2016

Palco Solidário - a favor da CERCITOP Algueirão Mem Martins

O Grupo de Teatro ADF vai promover no próximo dia 23 abril, um espectáculo de revista solidário e entregar as receitas de bilheteira e do sorteio do cabaz à Cercitop de Algueirão-Mem Martins. Participe!


Obras na Ciclovia 'Mem Martins - Sintra'

A ciclovia entre Mem Martins e Sintra está a avançar...



Novo Centro de Análises Clínicas em Mem Martins

Já repararam que existem 1 centro de Analises Clínicas 
na Rua das Eiras em Mem Martins, mesmo em frente à 'SUB  Urgência Básica'????



Novas lojas de 1 Euro

O comercio tradicional vai mudando com o tempo, e aqui temos mais 2 transformações... com o desaparecimento de lojas tradicionais da vila e o surgimento de 'Lojas de 1 Euro'

na ex-Gatuxa, no Cruzeiro












na 
ex-metade da Limite, na Estrada de Mem Martins


15/04/2016

Mem-Martins acolhe GimnoEscolas

A junta de freguesia de Algueirão-Mem Martins promove no próximo dia 17 de abril,  às 9h30, domingo, o evento GimnoEscolas, em parceria com a APSC Gimnoanima Associação Desportiva de Sintra.

O GimnoESCOLAS é um evento inserido na programação do projeto “DESPORTO PARA TODOS” da junta de freguesia, que tem como alvo prioritário as escolas, associações ou clubes desta freguesia que se dediquem à prática da ginástica, podendo ainda participar outras entidades convidadas que desenvolvam a modalidade e se enquadrem dentro dos objetivos definidos pela organização.

Trata-se de um evento na área da formação gímnica, assente num modelo original que junta a recreação e a exibição a uma competição com características inovadoras, baseado numa estrutura de progressão pedagógica flexível e adaptável a diferentes realidades dos praticantes.
Como principais objetivos destacam-se:

• Fomentar a prática da ginástica em geral e em particular na freg. Algueirão-Mem Martins;
• Divulgar a modalidade e o trabalho que é efetuado palas diferentes instituições que se dedicam ao ensino da ginástica;
• Motivar os ginastas para a aprendizagem e aperfeiçoamento das diferentes habilidades;
• Enriquecer os planos de formação gímnica das diferentes instituições;
• Estimular o intercâmbio de experiências e o convívio entre os vários praticantes de ginástica;
• Certificar a aquisição de competências dos praticantes de ginástica no âmbito da sua formação gímnica.

O evento vai decorrer no pavilhão da Escola Básica Ferreira de Castro e tem início programado para as 9h30.
 

[Correio de Sintra] Igreja de Mem Martins inaugurada




14/04/2016

Antigo Salão Paroquial de Mem Martins

Agora com a Igreja de Mem Martins já inaugurada e em funcionamento, realizando um sonho da população mais desta aldeia saloia... soaram muitas criticas à obra: O edifício parece um bunker!!! a cor é horrível!!! Ali nunca há estacionamento!!! A igreja não faz falta para nada!!! Em vez de fazer 1 igreja era melhor fazer 1 jardim!!!! blá blá blá... mas com tantas criticas, acredito no respeito sobre as opções religiosas de todos...

Mas será que toda a gente que critica, e dá opinião negativas e pouco construtivas, acha que tudo deveria continuar a funcionar num barracão pouco digno para a nossa vila???

Qual a melhor solução: 'um antigo barracão de madeira' ou uma 'moderna Igreja Azul'?

Bispo - Compilação

Bispo é um rapper proveniente de Mem Martins, na Linha de Sintra. É caracterizado pela sua escrita de rua, de fácil interpretação e direta, contendo sempre uma mensagem específica e bem explícita em cada barra. Lançou vários trabalhos como a mixtape “Passo a Passo” ou o EP “BISPOterapia” e, mais recentemente, o seu primeiro álbum “Desde a Origem”.
Atingiu um maior número de admiradores com “Mentalidade Free”, ampliando ainda mais esse sucesso com as músicas “Vive o Hoje”, “Ponto Final”, “Convívio Tá Fixe Assim” e, mais recentemente, com o single “Olho Gordo”.
[clica e escolhe o som] 
http://genius.com/artists/Bispo

Exposição de pintura - Janelas para o Olhar

Helena Oliveira residente em Mem Martins desde 1992, pintora autodidacta natural do Montijo. Neste momento com uma exposição individual na Galeria Municipal - Casa Mantero - Biblioteca de Sintra. Ficará patente até 13 de Maio. Penso e desejo poder fazer muitas mais na minha freguesia.


De segunda feira das 14 ás 18 horas e de terça feira a sexta das 10 ás 18 horas. Esta encerrada ao fim de semana. 

Teatro: 'A Nuvem Avariada'

O Grupo OHM (do Clube de Teatro da EB Ferreira de Castro) convida-vos a assistir ao espetáculo 'A Nuvem Avariada'.

Dia 15
(6ª feira) - 19h;
Dia 20
(4ª feira) - 17h10;
Dia 27
(4ª feira) - 16h15.

Sempre na Sala 26
(de Expressões) da Ferreira de Castro.

13/04/2016

Bispo - Julgamento [video]

https://www.facebook.com/bispo2725

 Mano quem és tu? Quem te encaminhou?
O que queres daqui? Sabes quem eu sou?
Então... o que queres de mim?
Nao digas que não é nada pq é qualquer coisas sim..."

Rostos e Memórias da 'Rádio Ocidente'

Radio Ocidente era sem dúvida uma rádio local, que não se limitava apenas a passar musica, mas que estava sempre junto da população, com noticias regionais, divulgação de eventos e colaboração no desporto.

Lembro-me, que estava sempre em cima das novidade do concelho de Cascais, Oeiras e Sintra, e bastava sintonizar os 88.00 FM, para se estar bem informado.

Que memorias ainda guardam desta rádio??? 
Porquê o desaparecimento das verdadeiras rádios locais no Concelho de Sintra?? Abaixo texto do 'Correio TV'





11/04/2016

Cabines de Telefone em Algueirão Mem Martins

As cabines de telefone nas ruas da vila já começam a ser quase um símbolo museológico, e muito poucas... 
Na foto abaixo, a estrutura ainda lá está, mas o telefone já desapareceu à um tempo... 
[exemplo: Rua Leopoldo de Almeida no Bairro de São Carlos em Mem Martins]
Ainda existem cabines telefónica em Algueirão Mem Martins??
Onde?

07/04/2016

[Publico] Queda de passageiro à linha mostra falha de segurança nos comboios de Sintra

EU PRÓPRIO JÁ ASSISTI A UMA SITUAÇÃO IDÊNTICA NA ESTAÇÃO DAS MERCÊS, JÁ ERA NOITE, E A ULTIMA PORTA ABRIU AINDA FORA DO APEADEIRO, E PROVOCOU A QUEDA DE VARIAS CRIANÇAS E UM INVISUAL... PARA AS CRIANÇAS FOI UMA FESTA, FICARAM DIVERTIDAS, MAS JÁ O INVISUAL APRESENTOU ALGUMAS ESCORIAÇÕES... 
EU APRESENTEI QUEIXA SOBRE O ACONTECIMENTO NA BILHETEIRA E PASSADOS UNS DIAS RECEBI 1 CARTA 'CHAPAR 5' A LAMENTAR O SUCEDIDO... E O ASSUNTO MORREU...

10 de Novembro de 2014. O comboio suburbano nº 18807, que tinha saído do Rossio às 18h38 com destino a Sintra, pára na estação de Algueirão-Mem Martins mas, por distracção do maquinista, fica com parte da composição fora da plataforma. Um passageiro com limitações cognitivas e visuais que viajava na penúltima carruagem, depois de accionar a abertura de uma porta através do respectivo manípulo, desembarca e cai à linha.

Do acidente apenas resultaram ferimentos ligeiros. A queda deu-se de uma altura de um metro e meio e o passageiro, depois de ter sido transportado para o Hospital de São Francisco Xavier, em Lisboa, teve alta no próprio dia. Mas o GISAF (Gabinete de Investigação de Segurança e de Acidentes Ferroviários) resolveu investigar o sucedido por desconfiar que poderia haver ali uma falha de segurança.

O relatório, agora publicado, diz que “não existe qualquer análise de risco por parte da CP ao sistema de comando de portas implementado no tipo de material circulante envolvido no acidente” e recomenda ao IMT (Instituto da Mobilidade e dos Transportes), enquanto entidade reguladora, que garanta que a CP implemente um procedimento operacional para que a abertura de portas pelos passageiros “apenas seja permitida depois da confirmação de estarem reunidas as condições de segurança para o efeito”.

O relatório do GISAF apresenta os exemplos da Croácia, Reino Unido, Dinamarca, França e Espanha como países onde a autorização para a abertura de portas dos comboios depende da actuação manual por parte do maquinista. E não identifica nem no resto da Europa, nem nos Estados Unidos, nem no Japão nem na Austrália um sistema idêntico ao dos comboios da linha da Sintra

Em causa está uma especificidade dos comboios da linha de Sintra, que transportam uma média de 140 mil passageiros por dia útil. Se uma composição parar em plena via, compete ao maquinista bloquear o sistema de abertura de portas a fim de que os passageiros não as abram fora das estações ou quando não houver condições de segurança (salvo em situações de emergência). Mas, na restante frota da CP, é ao contrário: as portas estão sempre bloqueadas, devendo o maquinista desbloqueá-las quando o comboio está parado na estação. É o que acontece, tanto com os suburbanos da linha de Cascais, como com as automotoras regionais, ou os comboios Alfa Pendular.
https://www.publico.pt/sociedade/noticia/queda-de-passageiro-a-linha-poe-a-nu-falha-de-seguranca-nos-comboios-da-linha-de-sintra-1728206?frm=ult
E não é só a frota da CP. O relatório do GISAF apresenta os exemplos da Croácia, Reino Unido, Dinamarca, França e Espanha como países onde a autorização para a abertura de portas dos comboios depende da actuação manual por parte do maquinista. E não identifica nem no resto da Europa, nem nos Estados Unidos, nem no Japão nem na Austrália um sistema idêntico ao dos comboios da linha da Sintra.

Por isso, independentemente dos motivos que levaram o maquinista a parar o comboio com algumas carruagens fora da plataforma, o acidente poderia ter sido evitado se as portas não fossem passíveis de ser abertas pelos passageiros pelo simples facto de a composição estar parada.

Outras falhas
Na sequência deste acidente, o GISAF identificou ainda “um incidente de segurança no decurso das operações de socorro”, nomeadamente a passagem de um comboio numa via junto à qual decorria a assistência à vítima. Os investigadores consideraram que houve falha de comunicação entre o pessoal da CP e o da Infraestruturas de Portugal que estava no Centro de Comando Operacional (CCO) de Braço de Prata, porque “o acidente foi tratado como uma queda na plataforma do apeadeiro e não como uma queda à via”. E, tratando-se deste último, deveria ter sido accionado o plano de emergência que suspende a circulação dos comboios pela linha junto aos socorristas, o que não aconteceu.

O relatório diz que “durante toda a ocorrência a comunicação havida entre os diversos intervenientes nunca foi clara quanto ao entendimento e transmissão do local efectivo da queda do passageiro”. Por isso, faz recomendações ao IMT para que a CP “estabeleça protocolos de comunicação (adequados) a que em situações de emergência a informação seja transmitida de forma integral e fidedigna quanto à realidade da situação”.

Instada a comentar a versão preliminar do relatório, a CP respondeu ao GISAF que “a causa primária do acidente, não obstante o sistema de comando das portas, terá sido a paragem aquém do local indicado”, remetendo assim para o maquinista a total responsabilidade pelo ocorrido. “O erro/lapso do maquinista não consistiu no facto de não ter inibido a abertura de portas, mas sim no facto de ter efectuado a paragem antes do local referido”, diz a empresa.

A CP rejeita ainda que tenha havido falhas de comunicação no motivo que levou a que os comboios continuassem a circular mesmo com operações de socorro junto à linha, remetendo essa responsabilidade para o CCO de Braço de Prata, ou seja, para a Infraestruturas de Portugal.