26/06/2017

Evolução das obras na Av. Chaby Pinheiro

As Obras na 'Av. Chaby Pinheiro' em Mem Martins vão avançado...
... e já se consegui vislumbrar o futuro cenário desta avenida central da freguesia.



[sintranoticias] Conheça em 10 pontos o novo Hospital de Sintra

O SINTRA NOTÍCIAS apresenta algumas das principais caraterísticas do Hospital de Proximidade de Sinta e o número de consultas ou atos médicos previstos para o equipamento

O protocolo para o novo Hospital de Sintra, junto ao bairro da Cavaleira, na Freguesia de Algueirão - Mem Martins, (localização do novo equipamento), foi hoje assinado entre o Ministério das Finanças da Saúde e Câmara Municipal de Sintra.

O SINTRA NOTÍCIAS apresenta algumas das principais caraterísticas do Hospital de Proximidade de Sintra e o número de consultas ou atos médicos previstos para o equipamento.

1 – O equipamento contempla, para consultas externas, 23 gabinetes + 5 gabinetes de reserva, sendo possível ampliar o número de especialidades. A consulta externa funcionará durante 12 horas por dia e prevê, no primeiro ano, mais de 166 mil consultas.

2 – Hospital vai dispor de uma unidade de Saúde Mental. O programa funcional contempla uma área clínica de Psiquiatria de Adultos e uma área clínica de Psiquiatria da Infância e Adolescência.

Esta unidade terá 15 gabinetes (6 gabinetes médicos e 9 de atendimento para profissionais não médicos) + salas de atividade. No primeiro ano estão previstas mais de 20 consultas de psiquiatria e cerca de 5 mil consultas de psiquiatria de infância e adolescência.


3 – Outras das valências será Medicina Física e de Reabilitação. Estão previstos 235 mil atos clínicos logo no segundo ano onde se inclui, ginásio de fisioterapia para adultos e crianças, cinesiterapia respiratória para adultos e crianças, terapia ocupacional, terapia da fala, eletroterapia, etc.

4 – Centro de colheitas com uma 1 sala com 3 postos de colheitas + 3 boxes

5 – Bloco de Cirurgia Ambulatória que no primeiro ano prevê 5 mil e 500 cirurgias. Este bloco vai disponibilizar de 3 salas de cirurgia + 1 sala de reserva.

6 – O novo hospital vai dispor de Urgências, multidisciplinar, a funcionar 24 horas. Logo no primeiro ano estão previstos cerca de 60 mil atendimentos.

7 – Está prevista uma unidade de convalescença com 60 camas, com possibilidade de ampliação para 180 camas, (o hospital Amadora/Sintra, por exemplo, disponibiliza 100 camas).

8 – Os meios complementares de diagnóstico e terapêutica vão incluir: Patologia Clínica (658 mil no primeiro ano), Raio-X Convencional (2 mil no primeiro ano), Ecografia (5 mil no primeiro ano), TAC (5 mil e 700 no primeiro ano), Ressonância Magnética (5 mil e 100 no primeiro ano) e Medicina Física e de Reabilitação (191 mil e 500 atos no primeiro ano).

9 – O Hospital inclui um Centro Tecnológico de Radiologia constituído por 2 salas de Radiologia Convencional; 1 sala de ecógrafo alta resolução (Ecografia); 1 sala TAC; 1 sala Ressonância Magnética (RMN); 2 salas Clinica de Mama – Eco mamária e mamografia.

10 – Nas Consultas Externas e Exames Especiais está programado:
a) Medicina e Especialidades Médicas (cluster A): Consultas de Medicina Interna, Dor, Neurologia; Pneumologia e Cardiologia
b) Cirurgia, Gastrenterologia e Especialidades Cirúrgicas (cluster B): Consultas de Cirurgia Geral, Cirurgia Plástica e Reconstrutiva, Oftalmalgia, Ortopedia, Otorrinolaringologia, Urologia e Gastrenterologia
c) Pediatria (Cluster C): Consultas de Pediatria Médica e Pediatria Cirúrgica.


O novo Hospital prevê ainda estacionamento para 25O carros, farmácia hospitalar, unidade de esterilização, refeitório e serviços gerais (cozinha, central de resíduos, casa mortuária, etc). O hospital está preparado para a área de ensino e formação com um auditório e duas salas dedicadas à formação.

25/06/2017

[sintranoticias] Assinatura do protocolo para a construção do Hospital de Proximidade de Sintra

ALGUEIRÃO-MEM MARTINS | Segunda-feira, dia 26 de junho, às 10h00, na Urbanização da Cavaleira, Algueirão
A Câmara de Sintra, o Ministério das Finanças e o Ministério da Saúde vão assinar, esta segunda-feira, 26 de junho, às 10h00, na Urbanização da Cavaleira, no Algueirão, o protocolo para a construção e instalação do Hospital de Proximidade de Sintra.
A nova unidade hospitalar, integrada no Serviço Nacional de Saúde irá aumentar a oferta de cuidados de saúde na região de Sintra e dar resposta adequada às necessidades da população local. Funcionará em estreita articulação com o Hospital Fernando da Fonseca que assegurará a sua gestão e funcionamento.
A cerimónia conta com a presença do presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, do ministro das Finanças, Mário Centeno e do ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, signatários do acordo.

24/06/2017

[Jornal i] Sintra vai mesmo ter um novo hospital público

Ministro da Saúde revelou esta manhã no parlamento que o projeto vai ser apresentado na próxima segunda-feira

Os planos para o novo “hospital de proximidade” de Sintra vão ser apresentados pelo Ministério da Saúde e pela Câmara Municipal de Sintra na próxima segunda-feira. A informação foi avançada hoje no parlamento pelo ministro da Saúde, que explica que esta unidade será semelhante ao futuro hospital do Seixal, que depois de anos de reivindicações locais vai também avançar este ano.
Adalberto Campos Fernandes sublinhou que o futuro hospital de Sintra visa resolver as dificuldades de acesso a cuidados de saúde nos concelhos de Amadora e Sintra, sublinhando que este polo dará maior proximidade de serviços à população e vai descomprimir o "acesso inapropriado e excessivo" ao Hospital Dr. Fernando Fonseca, na Amadora. Nesta zona, o excesso de procura verifica-se sobretudo no acesso a urgências, consultas e exames, valências que estarão disponíveis no futuro hospital, assinalou Campos Fernandes.
O ministro da Saúde salientou que esta não será a única medida para resolver as dificuldades de acesso. Quando for lançado o concurso internacional para a nova gestão do Hospital de Cascais, que deverá manter-se em gestão privada, será revista a área de abrangência desta unidade que nos últimos anos excluía os residentes de oito freguesias de Sintra, a menos que se tratassem de necessidades na área materno-infantil. Esta alteração do perfil assistencial da PPP de Cascais deverá gerar um reequilíbrio da oferta nos concelhos de Amadora e Sintra.
A Câmara Municipal de Sintra já tinha mostrado disponibilidade para assumir a totalidade dos encargos com a construção do novo hospital. Apontando-se para um investimento de 29,6 milhões de euros.
“Este acordo é a única forma de tornar realidade a criação de um novo hospital em Sintra, uma necessidade com mais de 20 anos”, disse em junho à agência Lusa o presidente da autarquia, Basílio Horta, comentando a minuta de um protocolo que esperava vir a ser aprovado pelo governo.
De acordo com este documento, revelado pela Lusa, as obras começariam em 2017, cabendo aos ministérios das Finanças e da Saúde assegurar o equipamento geral, médico e informático, a partir do 2020, num investimento global de 51,2 milhões de euros.
Os planos da câmara são instalar o novo hospital na zona da Cavaleira, na freguesia de Algueirão-Mem Martins, junto ao IC16.

17/06/2017

Distância às praias da região

Com o ponto de partida a ‘Rotunda da Belavista’ em Mem Martins, aqui deixo o calculo de km’s do Google, até às praias da região…

Tamariz –  15,6 Km
Magoito – 16,4 km
Carcavelos – 16,6 km
Praia Grande – 17,4 km
Adraga – 19,2 km
Guincho – 19,4 km
Ericeira – 31,2 km
Caparica – 33,2 km